RADAR DO DIA: Bolsas sobem com pacote fiscal nos EUA

São Paulo – As bolsas operam em alta no exterior após o congresso dos Estados Unidos aprovar o pacote de ajuda de quase US$ 2 trilhões para a economia do país. Os juros de dívidas soberanas estão em leve baixa – sugerindo que os investidores já haviam se ajustado à aprovação do pacote.

Hoje, o mercado fica atento ao anúncio da decisão de política monetária do Banco Central Europeu, às 9h45, e aos comentários da presidente da instituição, Christine Lagarde, a partir das 10h30. Os investidores querem saber se o banco central vai adotar algum tipo de medida capaz de evitar mais aumentos nos juros de dívidas soberanas. A alta destas taxas recentemente teve efeito negativo sobre o mercado de ações.

No Brasil, a votação em segundo turno da PEC Emergencial começa às 10h, mas deve vir sem surpresas, depois de o governo ontem ter feito uma concessão a funcionários públicos para manter o texto de pé e evitar a desidratação total das medidas de ajuste fiscal. Entre os indicadores, os dados sobre a inflação oficial de fevereiro saem às 9h. A previsão é que a taxa atinja 0,70% em base mensal e 5,03% em 12 meses, segundo o Termômetro CMA.

Ontem, o Brasil registrou novo recorde no número de mortes diárias pelo novo coronavírus, foram 2.286 óbitos nas últimas 24 horas, além de 79,8 mil de novos infectados. A taxa de letalidade da doença é de 2,4% dos casos. O país tem 11.202.305 milhões de casos confirmados de covid-19 no território nacional.

Em âmbito corporativo, A Braskem registrou lucro líquido de R$ 846 milhões no quarto trimestre de 2020. A receita líquida somou R$ 18,7 bilhões no período, 17% maior que o visto na base anual.

O lucro líquido da Eneva subiu 87,9% no quarto trimestre de 2020 na comparação com igual período do ano anterior, para R$ 658,5 milhões. Já a receita operacional líquida do quarto trimestre foi de R$ 1,223 bilhão, um avanço de 10% na mesma comparação

O conselho de administração da Azul aprovou o plano de recompra de até 2 milhões de ações para aquisição de ações preferenciais de sua própria emissão. Segundo a empresa, o programa de recompra visa atender as obrigações assumidas no plano de outorga de ações restritas para os próximos anos aprovado na assembleia geral extraordinária realizada em 30 de junho de 2014.

O Bradesco aprovou o aumento do capital social em R$ 4 bilhões, para R$ 83,1 bilhões, com bonificação em ações mediante a capitalização do saldo da conta reservas de lucros, com a emissão de 83.552.687 ações nominativas escriturais, sem valor nominal, sendo 442.779.931 ordinárias e 440.772.756 preferenciais.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp) publicou a contribuição encaminhada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) à consulta pública que discute a proposta de revisão da sua estrutura tarifária.

Em fevereiro, a B3 registrou alta de 34,8% no volume financeiro médio diário negociado no mercado acionário em relação ao mesmo mês de 2020, e somou R$ 39,483 bilhões, segundo os destaques operacionais informados pela companhia. Na comparação com janeiro, a alta chegou a 6,8%.

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a transferência das autorizações de titularidade das onze centrais geradoras eólicas do complexo Pindaí, na Bahia, para a subsidiária da Eletrobras Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).

A Ecorodovias reverteu lucro de R$ 79,2 milhões no quarto trimestre de 2019 para prejuízo líquido de R$ 630,7 milhões no mesmo intervalo do ano passado. Já o lucro líquido recorrente caiu 39,2% para R$ 55,3 milhões na mesma base de comparação.