PMI industrial dos EUA cai para 50,8 pontos em fevereiro

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial dos Estados Unidos caiu para 50,8 pontos em fevereiro, depois de atingir 51,9 pontos em janeiro, segundo dados preliminares publicados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Analistas esperavam queda para 51,5 pontos em fevereiro. Números acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores sugerem contração. O PMI que mede apenas a produção do setor industrial caiu para 50,6 pontos em fevereiro.

Os dados mostram uma expansão fraca na produção e em novas encomendas.

Segundo a pesquisa, a demanda de exportação foi fraca devido ao surto de coronavírus.

Embora as expectativas tenham melhorado, a confiança de negócios ficou quase estável, com as incertezas sobre as consequências da epidemia preocupando os negociantes.

Para o economista chefe em negócios da IHS Markit, Chris Williamson, apesar do setor industrial não ter se saído tão mal como o de serviços, ele ainda demonstrou enfraquecimento, permanecendo pouco acima do limite de contração.

“A deterioração foi em parte ligada ao surto de coronavírus, manifestando-se na demanda enfraquecida em setores como viagens e turismo, bem como na queda nas exportações e na interrupção da cadeia de suprimentos”, disse ele.