Alterar teto de gastos pode ser prejudicial p/ sociedade- Funchal

237
Foto: Shutterstock

Brasília – A regra do teto dos gastos foi o primeiro passo para evitar o descontrole das despesas públicas e alterar essa regra pode ser prejudicial para a sociedade e causar até o aumento da taxa de juros, afirmou o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, em live do banco Santander.

“A regra é muito importante e a gente já teve muitas evidências de seus benefícios, como nas taxas de juros. Qualquer discussão que a gente veja sobre fragilização dessa regra, a gente vê os juros dando um soluço. E esse soluço é caro para a sociedade, porque a gente paga mais juros para rolar a dívida ou, em última instância, porque vai ficar mais caro para as empresas se endividarem e vai ter mais dificuldade de fazer investimentos e de gerar empregos”, afirmou.

Funchal defendeu que as regras para evitar o descontrole fiscal devem ser aprimorados e defendeu a reformulação de duas propostas de emenda à Constituição (PEC) uma criar um novo pacto federativo e uma para reduzir gastos emergencialmente.