Trump ameaça vetar pacote de US$ 900 bi de alívio por covid-19

282
O ex-presidente norte-americano, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou vetar o projeto de lei de US$ 900 bilhões de alívio pelo novo coronavírus, aprovado no Congresso, chamando o pacote de estímulos de “desgraça” e solicitando mudanças, como nos pagamentos diretos a famílias.

“Estou pedindo ao Congresso que emende este projeto de lei e aumente o valor ridiculamente baixo de US$ 600 para US$ 2 mil, ou US$ 4 mil por um casal”, disse Trump, em um vídeo publicado no Twitter. “Também peço ao Congresso que se livre dos itens de desperdício e desnecessários desta legislação”.

Ele pediu ainda ao Congresso para “enviar um projeto adequado, ou então a próxima administração terá que entregar um pacote de alívio de covid. E talvez essa administração seja eu”. Trump tem feito alegações infundadas de que ganhou a reeleição, mesmo após o Colégio Eleitoral confirmar a vitória do democrata Joe Biden na votação de novembro.

Segundo Trump, há alguns meses o Congresso começou a negociar um novo pacote de “ajuda urgentemente necessária” para o povo norte-americano, o que demorou muito. “No entanto, o projeto de lei que eles agora planejam enviar para minha mesa é muito diferente do esperado. É realmente uma desgraça”, disse.

Trump afirmou que o projeto de lei “não nem nada a ver com covid”, e inclui assistência ao Camboja, aos militares no Egito, a programas de democracia e gênero no Paquistão, além de envios à Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Panamá e outros países, bem como centros de arte “que nem estão abertos” devido à pandemia.

“O Congresso destinou muito dinheiro para países estrangeiros, lobistas e interesses especiais, mandando o mínimo para o povo norte-americano que precisa, e não foi culpa deles, foi culpa da China”, afirmou Trump. O presidente não usou a palavra “veto” em sua declaração.

Os comentários de Trump vieram menos de 24 horas após o Congresso aprovar de forma esmagadora o pacote de estímulos. A Câmara dos Deputados aprovou o pacote por 359 votos a favor e 53 contrários, e o Senado por 92 votos a favor e seis contrários.

O pacote inclui envios diretos de pagamentos no valor de US$ 600 para muitos norte-americanos. O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse que as famílias norte-americanas começarão a receber no início da próxima semana.

Além disso, estão incluídos US$ 300 por semana em benefícios de desemprego temporários e ajuda a pequenas empresas, com extensão do Programa de Proteção ao Pagamento (PPP, na sigla em inglês), bem como fundos para a distribuição de vacinas contra covid-19, entre outras medidas. O projeto não inclui ajuda substancial a governos locais.