Setor de serviços na zona do euro sobe em dezembro, após revisão

110

São Paulo, 6 de janeiro de 2021 – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da zona do euro subiu para 46,4 pontos em dezembro, de 41,7 pontos em novembro, segundo dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit. Na versão preliminar, o índice havia avançado para 47,3 pontos.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu para 49,1 pontos em dezembro na versão revisada, de 45,3 pontos em novembro. A versão preliminar havia mostrado 49,8 pontos.

“A economia da zona do euro se contraiu por um segundo mês sucessivo em dezembro, deteriorando-se em uma taxa ligeiramente maior do que se pensava anteriormente no final do ano devido à intensificação das restrições de covid-19”, disse o economista chefe de negócios do IHS Markit, Chris Williamson.

Ele destacou que a atividade do setor de serviços em particular caiu de forma mais acentuada do que o estimado na leitura anterior, na medida em que mais países intensificaram suas lutas contra a ascensão dos números de casos de vírus.

“Embora os dados indiquem um novo declínio no Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro no quarto trimestre, a desaceleração parece ter sido muito menos grave do que a vista no segundo trimestre, graças a forte sustentação do crescimento da indústria, aumento do comércio global e bloqueios tendo sido menos onerosos do que mais cedo no ano”.