Setor de serviços na China desacelera em dezembro, diz Caixin

116

São Paulo, 6 de janeiro de 2021 – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da China caiu para 56,3 pontos em dezembro, de 57,8 pontos em novembro, de acordo com dados do instituto de pesquisas IHS Markit e do grupo de mídia Caixin.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, recuou para 55,8 pontos em dezembro, de 57,5 pontos em novembro.

Segundo a pesquisa, a oferta e demanda continuaram em expansão, embora em ritmo um pouco mais lento do que nos dois meses anteriores. A atividade de negócios e o total de novos negócios se expandiram pelo oitavo mês consecutivo.

“A recuperação dos serviços pós-pandemia permaneceu forte”, disse o economista sênior do Caixin Insight Group, Wang Zhe. Segundo ele, a expansão da demanda externa foi moderada, enquanto o emprego continuou a melhorar, embora em ritmo menor.

Por fim, os empresários permaneceram muito confiantes quanto às perspectivas. “A maioria dos provedores de serviços pesquisados estão confiante de que a pandemia está sob controle e a economia está se recuperando”.