Senador Arolde de Oliveira morre vítima da covid-19

259
Imagem microscópica do coronavírus
Imagem microscópica do coronavírus causador da COVID-19. (Foto: C.S. Goldsmith e A. Tamin/CDC)

Brasília, 22 de outubro de 2020 – O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu na noite desta quarta-feira (21), aos 83 anos, vítima de falência múltipla de órgãos em decorrência de Covid-19. Ele estava internado em um hospital no Rio de Janeiro. Antes de ser eleito para o Senado em 2018, Arolde de Oliveira foi deputado federal por nove mandatos e também participou da Assembleia Nacional Constituinte, que promulgou a Constituição de 1988. As informações são da Agência Câmara.

Ele ingressou pela primeira vez na Câmara dos Deputados em 1983, ainda como suplente, pelo PDS. Na Câmara, também passou por PFL e DEM e pelo PSD. Foi titular de diversas comissões da Câmara dos Deputados, incluindo a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, da qual foi presidente.

Na legislatura 2003-2007, licenciou-se do mandato para exercer o cargo de  secretário municipal de Transportes do Rio de Janeiro. Licenciou-se novamente entre 2015 e 2016, quando foi secretário estadual de Trabalho e Renda do RJ. Natural de São Luiz Gonzaga (RS), Arolde de Oliveira foi economista, engenheiro, militar e professor.