Reino Unido aprova vacina da Moderna contra novo coronavírus

113
Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O Reino Unido aprovou o uso da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela norte-americana Moderna, “depois de cumprir os padrões de segurança, qualidade e eficácia exigidos”, de acordo com o governo britânico, em comunicado. Esta é a terceira vacina autorizada no país.

A agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês) do país já havia aprovado a vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech, assim como a da Moderna baseada na tecnologia de RNA mensageiro, e a desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AztraZeneca.

“Ter uma terceira vacina contra covid-19 aprovada para fornecimento após uma avaliação robusta e completa de todos os dados disponíveis é uma meta importante a ser alcançada e estou orgulhoso de que a agência tenha ajudado a tornar isso uma realidade”, disse a executiva-chefe da agência, June Raine.

Segundo ela, uma vez em uso, todas as vacinas contra covid-19 são monitoradas continuamente pela MHRA, garantindo que os benefícios em proteger as pessoas continuem a superar quaisquer efeitos colaterais potenciais. “Enquanto isso, mesmo que você tenha tomado uma vacina, é vital que todos sigam as restrições nacionais de bloqueio”.

Os estudos mostraram que a vacina da Moderna tem taxa de eficácia de 94,1%. A vacina já foi aprovada pelas agências reguladoras da União Europeia (UE), Estados Unidos, Canadá e Israel. No início da semana, a Moderna melhorou a estimativa de produção mínima de sua vacina contra o novo coronavírus de 500 milhões de doses para 600 milhões para este ano.