Queda na arrecadação foi abaixo do previsto no inicio da pandemia

Entrevista coletiva do ministro da economia, Paulo Guedes. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Brasília – A queda da arrecadação em 2020 foi bem abaixo do que era previsto no começo da pandemia, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes durante a apresentação dos resultados da arrecadação em 2020.

Segundo ministro a expectativa de queda na arrecadação era de mais de 10% nominal em 2020. A queda foi de 3,75%, o que segundo Guedes mostra o vigor da recuperação econômica.
“A queda da arrecadação foi bem abaixo do que era previsto no começo da pandemia. Uma queda de 3,75% em um ano que enfrentamos o maior desafio da economia brasileira, jamais enfrentado antes, isso é um resultado excelente dada a situação”, afirmou.

O Guedes voltou a afirmar que a vacinação em massa é um fator crucial para o retorno seguro ao emprego e para recuperação econômica. “Estamos começando a vacinação em massa, o que vai garantir o retorno seguro ao trabalho. A volta segura ao trabalho com a vacinação em massa é um fator decisivo para o sucesso do desemprenho da economia a frente”.

O ministro voltou a afirmar também que o governo não vai aumentar impostos e que o objetivo é simplificar e reduzir os impostos e para isso pretende retomar a discussão da reforma tributária no Congresso Nacional.