MRV lança R$ 2,4 bilhões no segundo trimestre, alta de 5,4%

Foto divulgação: MRV

São Paulo – O volume de lançamentos da MRV no segundo trimestre de 2021 somaram R$ 2,4 bilhões, alta de 5,4% na comparação anual. No período, foram lançadas 11,388 mil unidades.

As vendas líquidas da companhia registraram aumento de 13,7% no período, totalizando R$ 2,1 bilhões, na comparação anual. A MRV vendeu 10,442 mil unidades no segundo trimestre, baixa de 10,4%, em base anual. Os distratos, por sua vez, registraram R$ 144 milhões, queda de 22,6% ante mesmo trimestre de 2020.

No trimestre, a geração de caixa da construtora alcançou um valor negativo de R$ 700 mil, ante R$ 68,3 milhões no segundo trimestre do ano anterior, devido à estratégia de antecipação da compra e estocagem de parte da matéria prima necessária para a construção de suas obras, buscando manter os preços e evitar interrupções no fornecimento, de forma a mitigar os efeitos da inflação de materiais na construção civil.

“Essa estratégia resultou em um consumo adicional de caixa, impactando na geração do trimestre. Adicionalmente, a alteração no normativo da Caixa Econômica Federal, que condiciona o recebimento da medição da obra ao registro do Financiamento à Construção, teve um impacto negativo na geração de caixa do trimestre”, disse a empresa.

No quesito terrenos, o banco da MRV totaliza R$ 66,5 bilhões, alta de 12,9% na comparação anual. No período, a empresa tinha 351,181 mil terrenos, elevação de 5,8% na mesma base de comparação.

Por fim, o número de unidades produzidas no segundo trimestre era 10,568 mil, alta de 30,6%. Já o crédito imobiliário soma 10,701 mil unidades repassadas, baixa de 11,4%, em base de comparação anual.