Mortes nos EUA passam de 300 mil; Nova York pode ter lockdown

181
Paciente é levado ao hospital Mount Sinai Nova York / Foto: ONU

São Paulo — Os Estados Unidos continua a apresentar altas constantes nos casos de covid-19. O país bateu os 300 mil mortos pela doença, enquanto a cidade de Nova York se prepara para um novo período de lockdown.

O prefeito da capital, Bill De Blasio, afirmou que a megalópole deve se preparar para um período de total fechamento, já que as hospitalizações diárias se aproximam do seu limite.

Segundo informações da cidade de Nova York, a média móvel dos últimos sete dias mostrou um nível de internações maior do que o limite imposto pelo governo de 200 por dia. No estado, já são 5.712 pessoas hospitalizadas devido ao novo coronavírus. Já no país inteiro, são 110.549 pacientes com covid-19 em hospitais, de acordo com dados do Projeto

Rastreamento Covid – um esforço colaborativo executado por voluntários para rastrear a pandemia em andamento nos Estados Unidos.

Além disso, o país ultrapassou os 300 mil mortos por covid-19, com um total de 300.494 óbitos.Nas últimas 24 horas, foram registradas 1.441 novas mortes.

Segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, foram 193.454 novos infectados no último dia, totalizando 16.520.408 de casos no país.

A Califórnia é o estado com o mais número de casos nos Estados Unidos, e reportou 1.611.647 contaminações até o momento, seguido pelo Texas, com 1.493.149. O terceiro estado com mais infecções no país é a Flórida, com 1.134.383.