Moody’s eleva nota de crédito da Marfrig para Ba3 com perspectiva estável

A elevação do rating reflete o forte desempenho operacional e a melhora dos indicadores de endividamento da empresa

284

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s elevou a nota de crédito da Marfrig de ‘B1’ para ‘Ba3’ com perspectiva estável, afirmando que a empresa apresenta um forte desempenho operacional e melhorou os indicadores de endividamento nos últimos dois anos.

“A melhora incorpora a expectativa de que, apesar da concentração no segmento de carne bovina, a Marfrig conseguirá manter um desempenho operacional mais estável ao longo do tempo”, disse a Moody’s no documento.

“A empresa está bem posicionada para capturar os fundamentos positivos do mercado dos Estados Unidos e o crescimento nas exportações na América do Sul, enquanto o aumento da participação da comida processada em seu mix e o foco contínuo na produtividade e no corte de custos darão suporte às margens”, acrescentou.

A nota de crédito da Marfrig pode subir se a empresa demonstrar forte liquidez e reduzir o tamanho da dívida, trazendo-a para menos de três vezes o ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), e elevasse o ebitda para o equivalente a 4,5 vezes a despesa com o pagamento de juros.

“Uma elevação [do rating] também exigiria melhora no desempenho operacional, com a relação entre o fluxo de caixa operacional e a dívida atingindo pelo menos 20% e um desempenho resiliente independentemente do ciclo do gado, do ambiente macroeconômico e dos padrões de consumo e de comercialização nos principais mercados, em particular nos Estados Unidos”, afirmou.

Por volta das 15h05 (de Brasília), as ações da Marfrig subiam 3,05%, a R$ 14,94.