MERCADO AGORA: Veja um sumário dos negócios até o momento

São Paulo – O Ibovespa acelerou ganhos logo após a abertura positiva das Bolsas norte-americanas, refletindo indicadores de atividade mais positivos e a notícia de que mais uma vacina contra o coronavírus está tendo bons resultados. A recuperação das ações da Petrobras e de bancos também puxam o índice, fazendo com que avance mais do que outros mercados acionários no exterior.

Por volta das 13h30 (horário de Brasília), o Ibovespa registrava alta de 1,71%, aos 96.682,54 pontos. O volume financeiro do mercado era de aproximadamente R$ 14,2 bilhões. No mercado futuro, o contrato de Ibovespa com vencimento em agosto de 2020 apresentava ligeiro avanço de 1,97%, aos 96.890 pontos.

“Tivemos dados melhores nos Estados Unidos e essa questão da vacina, me chamou a atenção a revisão dos dados de ADP de maio, corrigidos bem positivamente, apesar da passagem do mês de junho ter sido até pior do que o esperado pelo mercado”, disse o analista da Terra Investimentos, Régis Chinchila.

O setor privado nos Estados Unidos criou 2,369 milhões de vagas, abaixo da criação de 2,5 milhões de vagas esperadas por analistas. No entanto, o registro de maio foi revisado de fechamento de 2,760 milhões de vagas para a abertura de 3,065 milhões. Ainda foram divulgados outros indicadores no país, como o PMI de atividade industrial e o índice ISM de atividade industrial, que mostraram melhora em junho.

Também colabora para a alta de Wall Street a notícia de que a farmacêutica alemã BioNTech e a norte-americana Pfizer anunciaram que um dos seus quatro candidatos a vacina contra o coronavírus mostrou resultado positivos em estudos preliminares.

O Ibovespa, porém, sobe mais do que as Bolsas no exterior, que ainda mostram alguma cautela com o avanço de casos de coronavírus, principalmente nos Estados Unidos. Chinchila acredita que se trata de um ajuste depois que o índice caiu ontem, se descolando de Wall Street no fim do dia, mas destaca que a volatilidade ainda deve continuar.

Entre as ações que recuaram ontem e se recuperam hoje estão as da Petrobras, que refletem a alta dos preços do petróleo. A companhia também afirmou que a demanda por derivados deve se manter forte ao longo do ano, embora ela seja desafiador e esteja levando a companhia a rever seu portfólio de investimentos. Os papéis de bancos também avançam, caso do Banco do Brasil.

Já as maiores altas do índice são da Cielo, da Cyrela e da Azul. As ações da Cielo refletem a decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) de revogar a medida que suspendia o acordo entre a companhia e o Facebook para pagamentos via Whatsapp. A operação, porém, continua suspensa por depender da análise do Banco Central (BC).

Na contramão, as maiores quedas são do IRB Brasil, da Gerdau Metalúrgica e da Gerdau. O Credit Suisse cortou a recomendação para as ações do IRB de neutra para “underperform” (equivalente à venda) após a companhia divulgar seus resultados trimestrais.

Após oscilar na abertura dos negócios, o dólar comercial acelerou as perdas frente ao real e renova mínimas sucessivas reagindo às notícias que vem do exterior sobre resultados positivos obtidos com testes de uma vacina contra o novo coronavírus, além de números no mercado de trabalho dos Estados Unidos. O real é a moeda com o melhor desempenho entre as moedas de países emergentes.

Por volta das 13h30, o dólar comercial registrava queda de 2,02%, sendo negociado a R$ 5,3260 para venda. No mercado futuro, o contrato da moeda norte-americana com vencimento em julho de 2020 apresentava recuo de 2,43%, cotado a R$ 5,330.

“O dólar passou a renovar mínimas sequenciais após a notícia sobre os testes da vacina, indo a R$ 5,35”, comenta o diretor de uma corretora nacional. A farmacêutica alemã BioNTech e a norte-americana Pfizer anunciaram que um de seus quatro candidatos a vacina contra o novo coronavírus mostrou resultados positivos em estudos preliminares realizados nos Estados Unidos.

Segundo as empresas, o programa BNT162 está avaliando quatro vacinas experimentais. “Os dados preliminares demonstraram que o BNT162b1 pode ser administrado em uma dose que foi bem tolerada e gerou imunogenicidade dependente da dose”, confirmaram por meio de nota. A parte inicial desse estudo incluiu 45 adultos saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos.

O profissional acrescenta que dados mais positivos do mercado de trabalho dos Estados Unidos corroboram para a desvalorização da moeda no exterior, já que o setor privado do país criou 2,369 milhões de vagas em junho – excluindo o setor rural -, ante expectativa de criar 2,5 milhões de vagas, segundo o relatório publicado pela Automatic Data Processing (ADP) e pela Macroeconomic Advisers.

O que animou o mercado, porém, foi a revisão dos dados de maio que passaram do fechamento de 2,760 milhões de postos de trabalho para a abertura de 3,065 milhões de vagas. “Após revisão surpresa da ADP de destruição de vagas para a criação, os mercados passaram a melhor. Lá eles erram também”, diz.

As taxas dos contratos de juros futuros (DIs) seguem oscilando entre margens estreitas e mantêm um ligeiro viés negativo, influenciadas pelo recuo acelerado do dólar, que já é cotado abaixo de R$ 5,40. A ausência de novidades no noticiário, apesar de vários indicadores econômicos relevantes no exterior, deixa a curva a termo com movimentação lateral.

Às 13h30, o DI para janeiro de 2021 tinha taxa de 2,065%, de 2,07% após o ajuste de ontem; o DI para janeiro de 2022 estava em 2,89%, de 2,92% no ajuste anterior; o DI para janeiro de 2023 projetava taxa de 3,98%, de 4,02%; e o DI para janeiro de 2025 tinha taxa de 5,63%, de 5,68%, na mesma comparação.