Lucro líquido da Netflix sobe 18,75% no 3T20, para US$ 789,9 milhões

267
Foto: Paul Pasieczny / freeimages.com

São Paulo – A Netflix reportou lucro líquido de US$ 789,9 milhões no terceiro trimestre do ano, o que representa um aumento de 18,75% em relação ao mesmo período do ano anterior. Na mesma base de comparação, a receita somou US$ 6,43 bilhões, um alta de 22,7%.

O número de adesões líquidas pagas ao serviço de streaming desacelerou entre julho e setembro, totalizando 2,2 milhões ante 6,8 milhões do mesmo período de 2019. A empresa esperava um aumento de 2,5 milhões em adesões pagas no período.

Segundo a Netflix, essa redução era esperada e se deve aos resultados recordes do primeiro semestre do ano, quando o número de assinantes explodiu com as medidas de isolamento por conta da pandemia do novo coronavírus em curso.

Para o quarto trimestre, a empresa espera 6,0 milhões de adesões líquidas pagas contra 8,8 milhões no mesmo período de 2019. “Acreditamos que nosso recorde de adições líquidas pagas no primeiro semestre resultaria em um crescimento mais lento na segunda metade deste ano”, diz a nota.

Se atingir a previsão, a Netflix terá um recorde de 34 milhões de adições líquidas pagas em 2020, acima do recorde anual anterior de 28,6 milhões alcançado em 2018.

“O estado da pandemia e seu impacto continuam a tornar as projeções muito incertas, mas com a recuperação mundial em 2021, esperamos que nosso crescimento volte a níveis semelhantes aos anteriores à covid-19”, diz a nota.

Ainda assim, a Netflix espera que as assinaturas líquidas pagas diminuam no
primeiro semestre de 2021 em comparação com o grande aumento nas adições líquidas pagas que tivemos no primeiro semestre de 2020.