Líder da oposição do Reino Unido apoia eleições antecipadas

226
Líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn. Foto: Commons Wikimedia

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O líder do Partido Trabalhista do Reino Unido, Jeremy Corbyn, disse que a legenda está pronta para apoiar eleições gerais antecipadas, uma vez que a União Europeia (UE) adiou o prazo do Brexit até 31 de janeiro de 2020.

“Estamos prontos para uma eleição”, disse Corbyn a repórteres. “Nós sempre dissemos que queríamos eleições, mas queríamos que uma saída sem acordo fosse tirada da mesa. Agora temos a confirmação de todos os 28 membros da UE de que uma saída sem acordo está fora da mesa, então vamos lá para a maior campanha que este partido já fez”.

A proposta do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, de realizar novas eleições no dia 12 de dezembro para conquistar a maioria do Parlamento e encerrar o impasse do Brexit foi rejeitada ontem, pela terceira vez. A moção precisava de uma maioria de dois terços par ser aprovada. Os membros do Partido Trabalhista se abstiveram.

Johnson propôs, então, novas eleições por meio de um projeto de lei, o
que exigiria o apoio de uma maioria simples dos legisladores, aumentando as chances de aprovação. Os parlamentares estão debatendo o projeto e devem votá-lo ainda hoje.