Lagarde afirma que novo grande teste da Europa é concretizar mudanças

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde / Foto: BCE

São Paulo – O maior desafio que a economia em recuperação da Europa enfrenta é se as autoridades podem implementar as mudanças necessárias para transformar seu potencial, disse a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

“O maior desafio é sempre entregar”, disse ela, em entrevista à “Bloomberg”. “É uma questão de direcionar o financiamento para o investimento certo, garantindo que as economias vão se recuperar da forma certa, com as reformas estruturais certas que vão melhorar a produtividade dessas economias, que vão posicioná-las para serem mais digitais e ser mais verde.”

Segundo Lagarde, a ajuda monetária e fiscal sem precedentes e mais vacinas levaram a região a um ponto em que está “se recuperando mais rapidamente do que havíamos previsto”, e a expectativa é de que a zona do euro alcance os níveis de produção pré-pandemia antes do final deste ano. Ela elogiou a “boa coordenação” dos governos europeus no auge da emergência.

O BCE elevou sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro para este ano, para 5,0%, ante previsão anterior, de junho, de alta de 4,6%.