Gerdau registra lucro líquido de R$ 315 milhões no 2º tri

157
Foto divulgação: Gerdau

São Paulo – A Gerdau registrou lucro líquido de R$ 315 milhões no segundo trimestre de 2020, queda de 15% ante igual período do ano anterior. A receita líquida foi de R$ 8,7 bilhões no trimestre, 14% menor que o visto no mesmo período de 2019.

Segundo a siderúrgica, o resultado do período foi prioritariamente impactado pela variação cambial do período.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia diminuiu 4% no segundo trimestre, para R$ 1,387 bilhão na comparação anual. O ebitda ajustado, medição pela Gerdau para informações adicionais sobre a geração de caixa, alcançou R$ 1,3 bilhão, queda de 16,2% na base anual.

A produção de aço bruto teve uma queda de 29% no trimestre quando comparado ao mesmo período do ano anterior, para 2,433 milhões de toneladas. As vendas de aço acompanharam o ritmo e tiveram queda de 20% no período, para 2,365 milhões de toneladas.

No trimestre, a Gerdau comercializou 387 mil toneladas de minério de ferro para terceiros e 942 mil toneladas foram utilizadas para consumo interno.

Ao final do trimestre, a dívida líquida da empresa era de R$ 14,429 bilhões, alta de 15,13% na comparação anual. A alavancagem, medida pela relação dívida líquida por ebitda, encerrou o período em 2,78 vezes, alta de 1,4 ponto percentual (pp).

A Gerdau encerrou o período com um fluxo de caixa livre de R$ 205 milhões, 43,2% menor que o visto no mesmo período de 2019. Nos últimos 12 meses, a companhia registrou fluxo de caixa livre positivo superior a R$ 3,9 bilhões.

O conselho de administração da companhia optou por não antecipar o pagamento dos dividendos referentes ao segundo trimestre do ano, em virtude das incertezas provenientes da pandemia no resultado de 2020.

Em relação aos investimentos, o capex no segundo trimestre foi de R$ 271 milhões, sendo R$ 144 milhões para manutenção geral, R$ 43 milhões para manutenção da usina de Ouro Branco (MG) e R$ 84 milhões para expansão e atualização tecnológica.

Do valor total desembolsado no ano, 45,5% foram destinados para a ON Brasil, 18,1% para a ON Aços Especiais, 31,1% para a ON América do Norte e 5,3% para a ON América do Sul.

Para 2020, o plano de investimentos da Gerdau, que recentemente foi revisado em virtude das incertezas provenientes da pandemia é de R$ 1,6 bilhão. No período de 2019-2021 ele passou a ser de R$ 6 bilhões.