EUA atingem meta de vacinar 70% com uma dose com um mês de atraso

Foto: Casa Branca

São Paulo – Os Estados Unidos imunizaram 70% dos adultos com pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19, alcançando a marca definida pelo presidente norte-americano, Joe Biden,  com quase um mês de atraso.

“O marco acaba de acontecer: hoje atingimos 70% dos adultos com pelo menos uma dose! + 468 mil doses administradas, incluindo 320 mil recém-vacinados (vs. 257 mil na segunda-feira passada). Média de sete dias da mais alta vacinação recente desde 4 de julho. Vamos continuar trabalhando para obter mais vacinas elegíveis”, disse diretor de dados para a covid-19 da Casa Branca, médico emergencial e epidemiologista, o doutor Cyrus Shahpar, no Twitter.

Biden queria atingir a meta de 70% dos adultos com pelo menos uma dose até o feriado de 4 de julho, mas ritmo de vacinação nos Estados Unidos desacelerou, saindo de uma média de 3 milhões de vacinados em maio para 400 mil agora.

Com a baixa taxa de imunização, o país está assistindo ao aumento de casos de covid-19 depois que a variante Delta – inicialmente detectada na Índia – tornou-se dominante nos Estados Unidos.

Dados mais recente do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) mostram que o número de pessoas completamente vacinadas contra a covid-19 nos Estados Unidos chegou a 164.757.423, ou o equivalente a 49,6% da população. Já os norte-americanos que tomaram apenas uma dose somam 191.498.983, ou 57,7% da população.