Diretora do Fed diz que compras de ativos seguirão inalteradas

A diretora do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Lael Brainard / Foto: Divulgação/ Fed

São Paulo – O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) levará tempo para alcançar suas metas e as compras de ativos devem permanecer inalteradas, disse uma das diretoras da instituição, Lael Brainard, em texto preparado para discurso.

“A economia está longe de nossas metas tanto em termos de emprego quanto de inflação e, mesmo sob uma perspectiva otimista, levará tempo para alcançar novos avanços substanciais”, disse Brainard. “Espero que o ritmo atual de compras permaneça adequado por algum tempo”.

A ata da reunião de política monetária do Fed de dezembro mostrou que alguns membros defenderam ajustes futuros nas compras de ativos. Na decisão do mês passado, o Fed disse que as compras continuariam “até que progressos substanciais sejam feitos” em direção a suas metas.

“Estamos fortemente empenhados em alcançar nossas metas de emprego máximo e inflação média. É muito cedo para dizer quanto tempo vai demorar”, disse Brainard. Ela destacou que as previsões podem ser revisadas e que as decisões do Fed são tomadas com base em resultados.

“A recuperação até agora tem sido irregular e o caminho a seguir é incerto”, disse. “A perspectiva dependerá da trajetória do vírus e da vacinação. Embora o número de novos casos seja alto e crescente, a distribuição de várias vacinas eficazes está em andamento”.

Segundo Brainard, a escala e composição do apoio fiscal fizeram diferença em recuperar a renda perdida e apoiar a demanda em meados do ano passado, e “espera-se que isso aconteça novamente nos próximos meses”. Ela citou ainda que na maioria das previsões haverá uma recuperação significativa nos gastos agregados este ano.

Por fim, ela disse que o forte apoio da política monetária, juntamente com o estímulo fiscal, vão transformar a recuperação da economia do país para que ela seja ampla e entregue o pleno emprego.