Demanda total da Azul cai 45,2% em outubro na comparação anual

131

São Paulo – O tráfego de passageiros da Azul subiu 41% em outubro na comparação com o mês anterior, para 1,462 milhão de passageiros por quilômetros transportados (RPK) – número de passageiros pagantes multiplicados pela distância de cada voo, enquanto na comparação anual a queda é de 45,2%.

A oferta aumentou 42,6% na mesma base de comparação, para 1,844 bilhão de assentos-quilômetros oferecidos (ASK) – número de poltronas disponíveis multiplicado pela distância de cada voo, sendo que na comparação com o mesmo período de 2019 a baixa é de 41,8%.

A taxa de ocupação em setembro caiu 0,9 pontos porcentuais (pp), para 79,3% na base mensal, enquanto na comparação anual a queda é de 4,9 pp.

No mercado doméstico, o tráfego de passageiros subiu 41,3% em outubro ante setembro, sendo que na base anual caiu 36,1%. Já a oferta aumentou 41,3% em outubro na mesma base de comparação, enquanto na comparação anual caiu 33,5%. A taxa de ocupação atingiu 80,7% em outubro, queda de 0,0 pp na comparação mensal e de 3,2 pp na anual .

No segmento internacional, que tem o maior impacto durante a crise, o tráfego subiu 38% em outubro na comparação com setembro, enquanto na comparação com o mesmo período de 2019 a retração é de 80,3%. A oferta aumentou 41,3% na comparação mensal, sendo que base anual a queda é de 74,3%.

Em outubro, a taxa de ocupação no internacional caiu 9,3 pp, para 65,3% na comparação com setembro, enquanto na base anual retraiu 20,1 pp.