Coreia do Norte é alvo de nova sanções do Tesouro norte-americano

210
Donald Trump EUA Coreia Kim
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Carolina Gama

São Paulo – O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou novas sanções à Coreia do Norte alegando fornecimento contínuo de mão de obra ilícita aos mercados estrangeiros com o objetivo de gerar renda no exterior, contrariando, segundo Washington, as
sanções das Organização das Nações Unidas (ONU).

O Departamento do Tesouro explicou que as novas sanções visam uma corporação comercial e uma instalação de hospedagem norte-coreanas baseada na China, que facilitam a prática da Coreia do Norte de enviar trabalhadores para o exterior.

“A exportação continuada da Coreia do Norte de seus cidadãos como trabalhadores ilícitos faz parte de uma tentativa contínua de minar e iludir as Resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas; os membros da ONU foram obrigados a expulsar todos os trabalhadores norte-coreanos até 22 de dezembro de 2019, em linha com a resolução 2397”, diz o comunicado.

O Departamento do Tesouro norte-americano também sancionou a Namgang Trading Corporation (NTC) por seu alegado envolvimento na exportação de trabalhadores da Coreia do Norte, inclusive por gerar receita para o governo norte-coreano e o partido no poder.

“A NTC também foi designada hoje por ter participado, facilitado ou deliberadamente, direta ou indiretamente, e por responsável pela exportação de trabalhadores da Coreia do Norte de maneira a gerar receita significativa, direta ou indiretamente, para uso pelo governo da Coreia do Norte ou pelo Partido dos Trabalhadores da Coreia “, afirma o comunicado.

O Departamento do Tesouro observou que a NTC teve trabalhadores em vários países, incluindo Rússia, Nigéria e Oriente Médio, e está envolvida no ciclo logístico dos trabalhadores exportadores e lida com vistos, passaportes, partidas e empregos no exterior da equipe norte-coreana.

O Departamento do Tesouro disse que também sancionou a Beijing Sukbakso por fornecer suporte à NTC e à Namgang Construction – essa última já fazia parte da lista de sanções do governo norte-americano desde 2016 por exportar trabalhadores da Coreia do Norte para o Oriente Médio e Ásia.