Governo de Buenos Aires confirma que não conseguirá pagar dívida

320
Foto: Jorge Girao / FreeImages.com

Por Julieta Marino

Buenos Aires – O governo da província de Buenos Aires confirmou que não conseguirá pagar a dívida de quase US$ 250 milhões dentro do prazo, até 26 de janeiro, e propôs aos detentores dos títulos, com vencimento em 2021, o adiamento do pagamento até o dia primeiro dia de maio. No mesmo dia, a província deve pagar US$ 27 milhões de juros.

Para registrar a postergação, a província precisa da aprovação de detentores de ao menos 75% do capital em circulação dos títulos em questão antes 22 de janeiro de 2020.

Os títulos da província tiveram ontem sua maior queda desde agosto após o ministro de Economia do país, Martín Guzmán, afirmar no final de semana que o governo nacional não ajudará com o pagamento da dívida de cerca de US$ 250 milhões que vence em janeiro.

Por outro lado, o Ministério da Fazenda de Buenos Aires disse em comunicado que se “iniciou um processo de diálogo e consultas com os detentores” e acrescentou que “tanto a província como seus investidores coincidiram na complexa situação da dívida da província e na importância de buscar soluções que minimizem as perdas”.