Chefe do Conselho Europeu rejeita acordo do Brexit a qualquer preço

127
Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel. Foto: Divulgação/ Serviço de Audiovisual da União Europeia

São Paulo – O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, rejeitou um acordo comercial com o Reino Unido a qualquer preço em um momento no qual o prazo para a separação se aproxima. Em meio ao impasse, ele também reiterou apoio ao principal negociador da União Europeia (UE) com o Reino Unido, Michel Barnier.

“Todos os líderes da UE apoiam seu negociador. Todos queremos chegar a um acordo, mas não a qualquer preço. O acordo de retirada deve ser totalmente implementado. Ponto final”, disse Michel no Twitter.

Nesta semana, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, já havia afirmado que, embora deseje um entendimento com Londres, não está disposta a fechar qualquer acordo para cumprir o prazo de saída de 31 de dezembro deste ano.

Hoje, os líderes europeus iniciaram o primeiro dos dois dias de reuniões em Bruxelas para tratar do Brexit. Eles manifestaram a intenção de continuar negociando nas próximas semanas, mas deram início às preparações aceleradas do processo de divórcio sem acordo.

Em setembro, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, definiu o dia de hoje como o ultimato para que ambos os lados concordassem em um amplo acordo comercial que abrangerá as relações bilaterais futuras.

No entanto, falando em uma conferência de imprensa ao lado de Michel após o primeiro dia da cúpula do Conselho Europeu, Barnier disse que os planos estavam em andamento para pelo menos mais duas semanas de negociações intensas.

“Temos perspectivas de um acordo, temos de progredir, em particular em termos de igualdade de condições, de governança e também pesca. Portanto, há muito trabalho a ser feito e amanhã. Na segunda-feira, estaremos em Londres durante toda a semana, incluindo o fim de semana se necessário, e na semana seguinte em Bruxelas “, afirmou Barnier.