Boris Johnson entra em autoisolamento após contato parlamentar infectado

130
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson / Foto: Pippa Fowles / No 10 Downing Street

São Paulo – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, entrou em autoisolamento após estar em contato com um parlamentar cujo teste deu positivo para covid-19. Essa é a segunda vez ele entra em quarentena.

“Olá, pessoal, fui instruído por nosso esquema NHS Test & Trace a isolar-me por duas semanas, após entrar em contato com alguém com covid-19.

Estou com boa saúde e não tenho sintomas, e continuarei liderando nossa resposta ao vírus e nossos planos para nos reconstruirmos melhor”, afirmou ele.

Em abril, Johnson chegou a passar três dias na UTI após ser contaminado pelo novo coronavírus. Até agora, não são claros os riscos de reinfecção pelo vírus.

O autoisolamento de Johnson não poderia acontecer em pior momento, já que seu governo vive uma crise interna. Na semana passada, várias figuras ideológicas de seu governo deixaram o cargo, com o premiê avaliando uma reforma ministerial. Seu principal assessor, Dominic Cummings, está entre os que deixaram o cargo após uma luta interna por poder.

Enquanto isso, as negociações para a saída do Reino Unido da União Europeia devem chegar ao ápice nas próximas duas semanas, antes do prazo final de 31 de dezembro deste ano.