B3 implementa portabilidade digital de investimentos para ativos de renda variável

74

São Paulo – A B3 informa que implementou a portabilidade digital de investimentos para ativos de renda variável. A funcionalidade está disponível para os clientes das 15 corretoras habilitadas até o momento, de forma gratuita. A transferência acontece em até 2 dias úteis.

Segundo a B3, investidores de ativos como ações, fundos imobiliários, ETFs e BDRs já podem pedir a portabilidade digital de seus investimentos. Com a portabilidade digital, pessoas físicas podem pedir, pela Internet e sem burocracia, a transferência de suas aplicações entre essas corretoras para contas de mesma titularidade.

A opção foi implementada na Área do Investidor, no site da B3, por onde será possível fazer a solicitação, acompanhar o status e o histórico das movimentações realizadas entre corretoras. Depois de fazer o pedido de portabilidade, o cliente precisa confirmar a operação no aplicativo ou site da corretora onde estão os recursos.

O processo digital diminui fricções e traz conveniência e praticidade para o investidor, de forma que ele possa exercer sua liberdade de escolha. Faz parte do compromisso da B3 tornar o ambiente de investimentos cada vez mais acessível e descomplicado para os investidores, afirma Vinícius Brancher, superintendente de Pessoas Físicas da B3.

A portabilidade digital foi liberada para alguns investidores em julho de 2023, em período de testes, antes de ser ampliada.

Passo a passo da portabilidade digital

1. Acessar a área do investidor, no site da B3;
2. Clicar na opção “Portabilidade”;
3. Escolher as corretoras de saída e de entrada;
4. Aceitar os termos e condições;
5. Acessar a área digital da corretora de saída;
6. Confirmar a solicitação de portabilidade

As corretoras habilitadas a realizar a portabilidade digital são: Ágora Investimentos, Ativa Investimentos, BTG Pactual, C6 Bank, Clear Corretora, CM Capital, Genial Investimentos, Itaú Corretora, Mirae Investimentos, Rico Investimentos, Safra Corretora, Santander Corretora, Toro Investimentos, Warren Investimentos e XP Investimentos.

Outras corretoras ainda podem aderir ao serviço. Quatro instituições financeiras já estão testando a funcionalidade para liberar para seus clientes em breve: Banco do Brasil, Guide, Master e PagBank.

Os produtos disponíveis para a portabilidade digital são: Ações; Proventos; ETFs; Fundos listados (FIIs, Fiagros, FIDCs); BDRs; Debêntures listadas; CRIs/CRAs listados.

“A transferência de ativos sempre esteve disponível para os investidores, mas isso envolvia um procedimento manual, com a troca de documentos entre o cliente e as corretoras. Para darmos esse passo foi necessário implementar tecnologia para padronizar a troca de informações e automatizar os processos junto aos custodiantes. Isso nos conferiu escalabilidade, viabilizando a solução”, menciona Guilherme Abbari, superintendente de Operações da B3.