Azul prevê queima de R$ 2,5 mi por dia no 4T

133
Foto divulgação: Azul Linhas Aéreas

São Paulo – A Azul estima uma queima de caixa média de aproximadamente R$ 2,5 milhões por dia no quarto trimestre, sem amortizações significativas de dívidas como resultado de negociações em andamento com seus parceiros financeiros, disse em comunicado. As projeções mostram liquidez suficiente para mais de 30 meses sem novo aumento de capital.

A companhia aérea reportou posição de liquidez de R$ 2,3 bilhões, incluindo caixa e equivalentes de caixa, investimentos de curto prazo e contas a receber, comparada com R$ 2,25 bilhões no trimestre anterior. Os números são preliminares e não auditados.

Em comunicado, a empresa explicou que havia previsto originalmente um consumo de caixa de aproximadamente R$ 3,0 milhões por dia para o segundo semestre do ano, mas apresentou um aumento de caixa de aproximadamente R$ 7 milhões por dia ao longo do terceiro trimestre. Excluindo indenizações trabalhistas, a companhia teve um aumento de caixa de R$ 1,5 milhão por dia.

O desempenho é atribuído à liquidez implementada no seu plano de retomada, incluindo negociações com seus stakeholders e a uma recuperação de demanda mais rápida do que a esperada.

Nos últimos seis meses, apesar da pandemia, a Azul conseguiu manter sua posição de caixa estável sem levantar qualquer capital adicional e que continua avaliando fontes de capital disponíveis a fim de fortalecer ainda mais seu balanço e aproveitar eventuais oportunidades de mercado.