Ataques de ransomware serão discutidos em reunião com Putin, diz Casa Branca

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki / Foto: Casa Branca

São Paulo – O ataque de ransomware ao braço norte-americano da JBS seja discutido na próxima cúpula entre o presidente russo Vladimir Putin e o líder norte-americano Joe Biden, assim como os outros ataques parecidos ocorridos desde o início do ano, afirmou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki.

“Esperamos que essa também seja uma das questões que o presidente discutirá com Putin na cúpula que será daqui a duas semanas”, disse Psaki em coletiva de imprensa.

“Não estamos retirando nenhuma opção da mesa em termos de como podemos responder, mas é claro que há um processo de revisão de política interna para considerar isso”, afirmou.

Segundo ela, o governo de um país possui responsabilidade sobre os atos criminosos ocorridos dentro de seu território e, por isso, Biden irá cobrar Putin sobre os ataques cibernéticos que vieram da Rússia.

Quando questionada se Putin estaria “testando” o governo norte-americano com as ocorrências recentes de invasão hacker, Psaki disse que Biden espera apenas uma atitude por parte do presidente russo.