Lagarde afirma que apoio do banco deve permanecer até fim da crise

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde / Foto: BCE

São Paulo – O apoio rápido do Banco Central Europeu (BCE) foi essencial para a saída da Europa da crise e o continuaremos a oferecer apoio enquanto chegamos aos últimos estágios da recessão causada pela pandemia de covid-19, disse a presidente do banco, Christine Lagarde.

“O forte apoio político continuará a fornecer uma ponte sobre a pandemia e para a recuperação econômica”, disse Lagarde em um discurso. “O BCE está empenhado em preservar condições de financiamento favoráveis ao longo deste período.”

O BCE deve decidir sobre o ritmo das compras de títulos em sua reunião de política de 10 de junho e há dúvidas sobre os próximos passos do órgão à medida que a economia se recupera e a inflação acelera.

“Acredito que a fragilidade intrínseca da área do euro diminuiu. A Europa provou que se unirá e tomará medidas decisivas quando necessário. Foi isso que a crise do euro nos ensinou sobre como as crises devem ser administradas: elas exigem o empenho de todos os formuladores de políticas para o benefício de todos os europeus”, afirmou ela recapitulando as lições aprendidas na crise anterior e como elas ajudaram na recuperação atual.

“Em tempos de crise, o sinal mais importante para os formuladores de políticas é sua determinação em agir. E essa lição foi absolutamente crucial quando a pandemia nos atingiu no ano passado”, concluiu ela.