Vale estende prazo de exclusividade para venda da Nova Caledônia

293

São Paulo – A Vale informou que, em comum acordo, estendeu, por 45 dias, o prazo de exclusividade com a australiana New Century Resources para a venda de sua participação na Nova Caledônia, localizada na França, permitindo assim a conclusão da due diligence.

Segundo a mineradora, a estrutura de financiamento abrange um total de US$ 900 milhões em contribuições das partes, incluindo US$ 500 milhões através de um trust pela Nova Caledônia, a renovação de uma linha existente de 200 milhões de euros pelo governo Francês e US$ 200 milhões da New Century Resources Limited (NCZ) de estrutura de dívida, financiamento de offtake e investimento estratégico de terceiros na VNC.

Diante disso, a Vale deve fazer um provisionamento em duas demonstrações financeiras da contribuição a ser feita pela Nova Caledônia no valor de US$ 500 milhões. A transação está sujeita a determinadas condições habituais para fechamento, incluindo aprovações regulatórias.

Em comunicado, a mineradora explicou que o investimento detido na Nova Caledônia será registrado ao valor justo e classificado como ativo mantido para venda nas demonstrações financeiras consolidadas, levando a uma perda adicional de aproximadamente US$ 400 milhões no segundo trimestre.

A empresa ressaltou ainda que a iniciativa visa transformar o negócio de Metais Básicos, simplificando suas operações e permitindo o foco contínuo nos ativos core.