Ultrapar venderá Extrafarma à Pague Menos por R$ 700 milhões

Foto divulgação: Grupo Ultra

São Paulo, 18 de maio de 2021 – A Ultrafarma assinou contrato com a Pague Menos para vender a Extrafarma por R$ 700 milhões, confirmando a notícia divulgada ontem sobre a transação. A companhia disse que o valor está sujeito a ajustes em razão, principalmente, das variações de capital de giro e da posição da dívida líquida da Extrafarma na data de fechamento da transação, disse a companhia, em fato relevante ao mercado.

A consumação da transação está sujeita a aprovação pelas autoridades concorrenciais e por acionistas da Pague Menos.

O pagamento da transação será em três parcelas, sendo 50% na data de fechamento e 25% em cada aniversário de um e dois anos do fechamento, com fiança prestada por acionista como garantia para as duas últimas parcelas.

A Ultrapar disse que concederá direito de preferência aos seus acionistas que desejarem adquirir ações da Extrafarma, na proporção das respectivas participações no capital social da Ultrapar e pelo mesmo preço por ação a ser pago pela Pague Menos. Os acionistas que exercerem esse direito passarão a ser acionistas diretamente da Extrafarma, companhia de capital fechado e sem liquidez.

A companhia convocará uma assembleia geral de acionistas para formalizar o oferecimento do direito de preferência.

A aquisição da Extrafarma pela Pague Menos criará a segunda maior rede de farmácias do Brasil, líder no Norte e Nordeste, com potencial de sinergias de R$ 150 milhões a R$ 250 milhões em ebitda por ganho de escala e eficiência operacional, segundo apresentação ao mercado enviada pela Pague Menos à CVM.

Mais cedo, a Ultrapar disse que negocia uma possível venda de sua subsidiária Extrafarma para a Pague Menos, mas que não havia, até o momento, “contrato vinculante celebrado acerca de uma eventual transação, assim como não há garantia sobre sua potencial efetivação.”