Trump volta a pedir transparência da China sobre pandemia

199
O presidente norte-americano, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a defender transparência na condução da pandemia do novo coroanvírus, pedindo à China que seja transparente no compartilhamento das informações sobre a doença.

“Quero que a China seja transparente sobre o vírus”, disse Trump a repórteres antes de embarcar para uma viagem ao Arizona, acrescentando que ainda não teve a oportunidade de conversar com o líder chinês, Xi Jinping, sobre a situação.

A declaração acontece após uma série de acusações de Trump à China. O presidente norte-americano tem questionado a origem do novo coronavírus, sugerindo que a doença tenha sido criada em um laboratório em Wuhan – onde os primeiros casos no mundo foram detectados em dezembro do ano passado.

Trump trabalha com duas opções: a China ter falhado na contenção do vírus ou ter permitido, de maneira deliberada, a sua disseminação como uma maneira de retaliar os Estados Unidos pela pressão que Washington exerce sobre Pequim no comércio.

Neste sentido, o presidente norte-americano chegou a cogitar impor novas tarifas comerciais caso seja provado que a China tem responsabilidade sobre a pandemia. Ele já afirmou em outras ocasiões que autoridades e especialistas dos Estados Unidos estão investigando a origem do novo coronavírus e indicou que o resultado dessa investigação pode mudar para sempre a relação com Pequim.