Serviço Secreto é acionado após registro de fogo perto do Capitólio

1291
Fachada do Capitólio, em Washington / Foto: Divulgação / Governo britânico

São Paulo – O Serviço Secreto dos Estados Unidos, que está trabalhando para garantir uma posse segura para Joe Biden na quarta-feira, informou que a ameaça relata pela imprensa norte-americana no Capitólio tratava-se de um incêndio no local, que já foi extinto.

“A segurança pública e as autoridades da lei responderam a um pequeno incêndio na área das ruas 1 e F SE, Washington, DC, que foi extinto. Por precaução, o complexo do Capitólio foi temporariamente fechado. Não há ameaça ao público “, informou o Serviço Secreto no Twitter.

De acordo com a imprensa norte-americana, o Capitólio foi sido fechado devido a um incêndio ocorrido em um abrigo para moradores de rua, localizado próximo ao prédio do Congresso. Mais cedo, a rede NBC indicou que o local foi bloqueado por conta de uma ameaça interna.

Todas as atenções estão voltadas para o Capitólio, que será palco da posse de Joe Biden como o 46º presidente dos Estados Unidos na quarta-feira. O evento acontece sob um forte esquema de segurança depois que o prédio que abriga o Congresso foi invadido no dia 6 por apoiadores do presidente em fim de mandato, Donald Trump, que incentivou as pessoas a questionarem os resultados da eleição de novembro. Na ocasião, deputados e senadores estavam certificando a vitória de Biden.

A invasão, cerca de violência e pelo menos cinco mortes, acabou gerando aprovação do impeachment de Trump na Câmara dos Deputados por insurreição e incitação à violência. O processo deve ser analisado agora pelo Senado, que está em recesso até amanhã.