RADAR DO DIA: Lockdown na Europa e inflação preocupam investidores

São Paulo- As notícias sobre eventuais estímulos econômicos no Japão e na China com as incorporadoras tendo um desempenho positivo, ainda com a percepção de que Pequim deverá relaxar as condições de crédito, fizeram os principais mercados asiáticos fecharem em alta hoje.

Na Europa, as bolsas trabalham no terreno negativo após a Áustria anunciar um lockdown com o avanço de casos de coronavírus no país e a Alemanha falar em emergência nacional.

Nos Estados Unidos, os futuros indicam uma abertura em queda em dia de agenda fraca de indicadores econômicos e investidores avaliando se a recuperação econômica poderá resistir à inflação elevada e uma possível quarta onda da pandemia na Europa.

No Brasil, o mercado deve reagir a fala do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, que disse que a PEC dos precatórios, em tramitação no Senado Federal, poderá ser promulgada de forma fatiada.

Ontem (18), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o dólar alto, acima do nível de equilíbrio, estimula os investimentos no Brasil. Segundo ele, as empresas estrangeiras que investirem no país podem ter ganhos extras com a desvalorização da moeda.

Em evento promovido pela Secretaria de Política Econômica da pasta, o ministro atribuiu ao clima político e a ruídos externos a alta recente da moeda norte-americana. “O dólar foi lá em cima por causa desse barulho político, incerteza, briga, confusão. Os fundamentos econômicos estão sólidos, estão aí os gatilhos fiscais, os marcos regulatórios, o Banco Central independente, o déficit em queda”, declarou.

Em âmbito corporativo, a Petz levantou R$ 779 milhões após o conselho de administração aprovar o valor de R$ 19,00 por ação na oferta de emissão de 41 milhões de novas ações ordinárias. Com o valor, a companhia aumenta seu capital social para R$ 1,188 bilhão, dividido em 435.057.914 ações.

O conselho de administração da Lojas Renner aprovou os exercícios de outorgas de opções de compra de ações, de 337.355 ações ordinárias, sendo a primeira outorga 332.695 ações ao preço de R$ 12,73 por ação, e a segunda, 4.660 ações de R$ 17,95, com pagamento à vista, em moeda corrente nacional.

A Bradespar informou que alienou, em 9 de novembro, 3.835 ações ordinárias e 23.868 preferenciais, e pagará, aos detentores das frações, R$43,371647979 por ação ordinária e R$ 45,785315485 por ação preferencial, perfazendo o montante de R$ 1,259 bilhões, a partir de 22 de novembro.

A assembleia geral extraordinária da Raia Drogasil (RD) aprovou a aquisição da Cuco Health, anunciada em agosto.

A B3, o Ministério da Infraestrutura, e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) realizam nesta sexta-feira (19), a partir das 11h, dois leilões para arrendamento de áreas portuárias localizadas em Santos (SP) e Imbituba (SC), que somam investimentos de R$ 703,3 milhões. A intenção é selecionar a proposta mais vantajosa com critério de maior valor de outorga, para a celebração de contrato de arrendamento de área e infraestrutura públicas localizadas dentro de porto organizado.

A Dexco (antiga Duratex) informou que a liminar que havia suspendido temporariamente as operações da unidade de produção de louças sanitárias de Queimados (RJ) foi revogada e, com isso, retomará a fabricação de louças sanitárias na unidade.

Copyright 2021 – Grupo CMA