RADAR DO DIA: Emprego nos EUA; PIB do Japão e Reino Unido, Focus eleva IPCA para 2024 e 2025

201
Créditos: Valeria Boltneva/Pexels

São Paulo, SP – Os índices futuros americanos e as bolsas europeias abriram em alta. Após os dados do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos, referente a janeiro, que subiu 0,3%, e na comparação anual chegou a 3,1%, abaixo dos 3,4% alcançado em dezembro, o mercado aguarda hoje os números dos novos pedidos de seguro-desemprego semanal no país, além dos dados das vendas do varejo e da produção industrial de janeiro.

Na semana encerrada em 3 de fevereiro, número de novos pedidos de seguro-desemprego recuou 9 mil, para 218 mil, após ter alcançado 224 mil na semana anterior (dado revisado). Os analistas previam 220 mil pedidos. Com o mercado de trabalho ainda aquecido e a alta do CPI acima do esperado, analistas acreditam que o início do ciclo da queda de juros nos EUA não acontecerá antes de junho. A expectativa fica agora com os dados do índice PCE de renda e gastos pessoais, que será divulgado em 29 de fevereiro. Em dezembro do ano passado, o PCE subiu 0,2%, e a taxa anualizada ficou em 2,6%.

Hoje foram divulgados os números do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre de 2023 do Japão e do Reino Unido, com quedas de 0,1% e 0,3%, respectivamente. Já a produção industrial japonesa cresceu 1,4% em dezembro, e a do Reino Unido avançou 0,6% no último mês de 2023.

Por aqui, com o presidente Lula em viagem à África e a semana mais curta devido ao Carnaval, as discussões sobre reoneração de 17 setores da economia beneficiados pela desoneração da folha de pagamentos, e a manutenção do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) continuam no radar. O Perse foi criado durante a pandemia de Covid-19 para socorrer o setor de eventos, mas, no final do ano passado, o governo editou uma medida provisória (MP 1202/23) que revoga o programa de forma gradual.

A possibilidade mais forte é de que o governo revogue o trecho da MP 1202/2023 sobre a reoneração e encaminhe um projeto de lei tratando do assunto. As demais questões, como a revogação dos benefícios fiscais do Perse e a limitação da compensação de créditos tributários decorrentes de decisões judiciais, seriam mantidas no texto da medida provisória. Outra possibilidade seria a edição de uma nova MP separando os temas.

Na manhã de hoje foi divulgado o boletim Focus com as previsões de instituições financeiras ouvidas pelo Banco Central do Brasil. Para o IPCA, a expectativa para 2024 subiu de 3,81% para 3,82%. Para 2025, a previsão para a inflação passou de 3,50% para 3,51%.

Sobre a taxa Selic, a previsão para este ano segue em 9%. Para 2025, a previsão também ficou estável em 8,50%. Para o Produto Interno Bruto (PIB), a previsão para 2024 segue em 1,60%. Em 2025, a previsão para o PIB manteve a estabilidade, chegando a 2%.

A temporada de balanço de quarto trimestre foi interrompida nesta semana e recomeça na segunda-feira (19), com a divulgação dos balanços do primeiro, segundo e terceiro trimestres do ano passado da Americanas

No setor corporativo, em sua página no X (antigo Twitter ), o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, informou que equipes da empresa e do fundo árabe Mubadala Investment Company vão intensificar, a partir de agora, trabalhos conjuntos para finalizar, ainda no primeiro semestre, a nova configuração societária e operacional da Refinaria Landulpho Alves, situada em Mataripe, na Bahia. A refinaria foi privatizada no ano passado e vendida aos árabes.

A Eneva informou que apresentou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a Declaração de Comercialidade das descobertas: Lago dos
Rodrigues nos Blocos PN-T-66, PN-T-67A e PN-T-48A na Bacia do Parnaíba; Anebá nos Blocos AM-T-84 e AMT-85 e Silves no Bloco AM-T-85 na Bacia do Amazonas. Foi solicitado à ANP que as acumulações de Lago dos Rodrigues, Anebá e Silves recebam os nomes de Gavião Vaqueiro, Tambaqui e Azulão Oeste, respectivamente.

A Eneva também divulgou seu Relatório Executivo de Auditoria das Reservas e Recursos Contingentes do Parnaíba, Amazonas e Solimões, Brasil, referente a 31 de dezembro de 2023. Os volumes indicados no documento estão consolidados por Bacias e divididos em: Bacia do Parnaíba, com Reservas 2P de gás natural de 37,6 Bm3, Bacia do Amazonas com Reservas 2P de gás natural de 10,0 Bm3 e a área de Juruá com Recursos Contingentes 2C de gás natural de 24,0 Bm3.
.
A B3 informou que o mercado de ações registrou volume médio diário de R$ 22,489 bilhões em janeiro deste ano, queda de 11,9% em comparação ao mesmo mês em 2023, e recuou de 11,1% em comparação a dezembro de 2023. Deste total, o mercado à vista representou a maior parte dos negócios, com movimentação de R$ 21,445 bilhões em janeiro, quedas de 13% e 10,8% nas bases anual e mensal. O mercado de opções totalizou R$ 731 milhões no mês, 12,9% acima de janeiro de 2022, mas 20,9% abaixo de dezembro. Por fim, o mercado à termo e futuro de ações subiu 25,2% na comparação anual, para R$ 314 milhões em janeiro, uma queda de 2,9% em relação a dezembro.

Uma semana após o início da vigência das novas alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o preço médio dos principais combustíveis ficou mais caro em todo o país. É o que aponta a última análise do Indice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa. O litro da gasolina fechou no dia 6 de fevereiro a R$ 5,91, incremento de 3,14%, quando comparado ao dia 31 de janeiro. Já o diesel comum foi comercializado a R$ 6,01, um acréscimo de 1,52%, e o tipo S-10 fechou a R$ 6,16, após ficar 1,99% mais caro.