RADAR DO DIA: Emprego nos EUA; Acordo Mercosul e UE; Focus aumenta IPC

149
Créditos: Yury Kim/Pexels

São Paulo – Os índices futuros americanos e as bolsas europeias abriram em queda. A semana será marcada pelos dados do emprego nos Estados Unidos, com o relatório de emprego (payroll), na sexta-feira (8) e os números de vagas de trabalho na pesquisa
ADP, na quarta-feira (6).

Na semana passada, foi divulgado o número de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, que recuou em 7 mil, chegando a 218 mil na semana encerrada em 25 de novembro, após ter alcançado 209 mil na semana anterior (dado revisado). Uma queda nos pedidos sugere que menos pessoas estão sem trabalho, enquanto uma alta indica o contrário.

Com um possível desaquecimento do mercado de trabalho e a inflação em queda, o mercado acredita que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) deve manter os juros em sua próxima reunião, em 13 de dezembro, e iniciar um possível período de queda no início do segundo trimestre de 2024.

Por aqui, o principal indicador da semana é o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) amanhã. O PIB do segundo trimestre cresceu 0,9%, e no acumulado nos quatro trimestres concluídos em junho de 2023, o crescimento foi de 3,2% em relação aos quatro trimestres anteriores (3 tri/2021 até 2 tri/2022). No acumulado do ano, a elevação foi de 3,7% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Já o Indice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considera uma prévia do PIB, caiu 0,06% em setembro, na comparação dessazonalizada com agosto, que recuou de
0,81% (dado revisado de recuo de 0,77%).

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, ontem (3), que caso não haja o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia (UE), não foi por falta de vontade dos sul-americanos, mas por protecionismo dos europeus. Lula se reuniu com o presidente da França, Emmanuel Macron, na tentativa de avançar com a negociação.

O presidente francês é contra o acordo Mercosul-UE, dizendo ser “incoerente” e “mal remendado”. “[O acordo] não leva em conta a biodiversidade e o clima dentro dele. É um acordo comercial antiquado e que desfaz tarifas”, afirmou Macron, neste sábado.

Segundo Lula, a França é protecionista sobre seus interesses agrícolas. Além disso, o presidente brasileiro defende alterações em pontos do acordo de livre comércio sobre licitações de compras governamentais, pois, para ele, é uma política indutora do desenvolvimento da indústria nacional e oportunidade para pequenas e médias empresas.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pediu ao presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, a edição de uma medida provisória para enfrentar os problemas causados pelo iminente colapso de uma mina da Braskem, em Maceió (AL). A área afetada fica na Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange. Desde 2019, as minas abertas para extrair sal-gema estavam fechadas, após o Serviço Geológico Brasileiro confirmar que a atividade havia provocado um afundamento do solo da cidade. A Defesa Civil de Maceió informou que o colapso da mina 18 pode acontecer a qualquer momento.

Na manhã de hoje foi divulgado o boletim Focus com as previsões de instituições financeiras ouvidas pelo Banco Central do Brasil. Para o IPCA, a expectativa para este ano cresceu de 4,53% para 4,54%. Para 2024, a previsão para a inflação avançou de 3,91%
para 3,92%. Sobre a taxa Selic, a previsão para este ano continua em 11,75%, assim como para 2024, que se manteve em 9,25%. Para o Produto Interno Bruto (PIB), as previsões 2023 e 2024 são as mesmas da semana passada, ou seja, 2,84% e 1,50%, respectivamente.

No setor corporativo, a Gol informou que contratou a consultoria financeira Seabury Capital para auxiliar no processo de uma ampla revisão da sua estrutura de capital, que inclui a gestão de passivos, transações financeiras e outras medidas para melhorar sua liquidez,
além de ajustar a frota de curto e médio prazos.

A Petrobras reajustou nesta sexta-feira o preço do querosene de aviação (QAV) para R$ 4,07 o litro, uma queda de 6% em relação ao último reajuste, em 1 de novembro, ou menos R$ 0,26. Ao contrário de outros combustíveis da companhia, o QAV é reajustado mensalmente por contrato. No ano, o combustível acumula queda de 19,6%.

O conselho de administração da Raia Drogasil (RD) deliberou pela distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP), no montante total bruto de R$ 87,1 milhões, para pagamento até o dia 31 de maio de 2024, em data a ser oportunamente fixada pela Administração da Companhia. O valor bruto a ser pago por ação é de R$ 0,050805469 e não sofrerá atualização monetária. Tal benefício aplica-se à posição acionária do dia 6 de
dezembro

A Petrobras informa que aprovou uma Política de Clawback (Clawback policy), em atendimento à regulação da Securities and Exchange Commission e à norma emitida sob o Manual de Empresas Listadas na Bolsa de Valores de Nova York (Regras de Clawback da NYSE), aplicável também aos emissores brasileiros que possuem programas patrocinados de american depositary receipts (ADRs, recibos de ação de empresas estrangeiras negociados na Bolsa de Valores de Nova York).

A Alpargatas foi informada pelas empresas Dynamo Administração de Recursos e Dynamo Internacional Gestão de Recursos que o conjunto de veículos geridos discricionariamente por elas passou a deter 32.389.722 ações preferenciais, representativas de 9,43% do total de ações preferenciais da companhia. Os veículos são detentores, ainda, de 3.450.223 ações preferenciais da Companhia em empréstimos doadores e de 716.000 ações ordinárias de emissão da Companhia.

A CPFL Energia e a CPFL Transmissão iniciaram a operação comercial do empreendimento do Lote 06, do Leilão de Transmissão nº 001/2020 (realizado em dezembro de 2020), com 10 meses de antecedência em relação ao prazo disposto pela Agência Nacional de Energia
Elétrica (Aneel) no contrato de concessão. A Receita Anual Permitida (RAP) deste empreendimento, homologada para o ciclo 2023-2024, é de R$ 11,5 milhões.

Em continuação ao comunicado de 27 de abril, a Vale informa que concluiu a venda de sua participação de 40% na Mineração Rio do Norte (MRN), incluindo todas as obrigações e direitos associados, para a Ananke Alumina, uma empresa afiliada à Norsk Hydro ASA (Hydro). Essa transação marca a conclusão do principal programa de desinvestimento da Vale, que envolveu a venda de mais de 10 ativos non-core em vários continentes desde 2019. Através desse programa, a Vale conseguiu simplificar e reduzir a exposição ao risco dos seus negócios, resultando na eliminação de despesas de até US$ 2,0 bilhões por ano, destacou a empresa.