Produção média diária dos contratos chega a 921 mil barris por dia em agosto

278
Foto: Exxon Mobil

São Paulo, SP – A Pré-Sal Petróleo (PPSA) informou que a produção média dos contratos de partilha de produção, em agosto, foi de 921 mil barris por dia (bpd), sendo 489 mil bpd em Búzios, 219 mil bpd em Libra, 100 mil bpd em Sépia, 40 mil bpd em Atapu, 7 mil bpd em Entorno de Sapinhoá, 3 mil bpd em Sudoeste de Tartaruga Verde, 63 mil bpd em Itapu e 40 bpd em Espadim.

Dos 921 mil barris por dia, 43,9 mil bpd foram de direito da União. A produção apresentou um resultado 2% maior que o período anterior, em função do retorno à operação dos campos de Atapu, após parada programada. O mês de agosto foi marcado pela entrada em produção do campo de Espadim, no contrato de Norte de Brava, na Bacia de Campos.

A área foi arrematada pela Petrobras no Primeiro Ciclo de Oferta Permanente de Partilha de Produção, realizado em dezembro de 2022. O campo iniciou a produção dia 21 de agosto, com o FPSO Anita Garibaldi. Os dados fazem parte do Boletim Mensal dos Contratos de Partilha de Produção, divulgado pela Pré-Sal Petróleo (PPSA), nesta sexta-feira (20).

Com a entrada de Espadim, agora são oito contratos em produção no regime de partilha. No mês de agosto, o campo de Búzios foi novamente o principal produtor neste regime, com 489 mil bpd. Mero aparece na segunda posição, com 219 mil bpd, e Sépia em terceiro, com 100 mil bpd. Desde 2017, início da série histórica, a produção acumulada é de 546,5 milhões de barris de petróleo, sendo 31,4 milhões de barris da União.

GÁS NATURAL

No momento, quatro contratos produzem gás natural com aproveitamento comercial, com média de 3,21 milhões de m3/dia, sendo a maior parte (3 milhões) em Búzios. Os demais
contratos são Entorno de Sapinhoá, Sudoeste de Tartaruga Verde e Sépia.

A média diária do total do excedente da União no gás natural disponível foi de 46 mil m3/dia, sendo sendo 6 mil m3/dia referente ao Entorno de Sapinhoá, 40 mil m3/dia referente a Búzios, 610 m3/dia referente a Sépia e 0,02 mil m3/dia referente a Sudoeste de Tartaruga Verde, apresentando um aumento de, aproximadamente, 7% em relação ao período anterior devido à melhoria na exportação de Búzios.

Desde 2017, a produção acumulada soma 1,54 bilhão de m3 de gás natural com aproveitamento comercial, sendo 168,7 milhões de m3 da União.