PMI do setor industrial da China cai a 50,9 pontos em fevereiro, diz Caixin

Foto: Freeimages.com/ Martin Boulanger

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da China caiu para 50,9 pontos em fevereiro, menor crescimento em nove meses, após registrar 51,5 pontos em janeiro, de acordo com dados divulgados pelo instituto IHS Markit em parceria com o grupo de mídia Caixin.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. A queda no PMI em fevereiro foi parcialmente impulsionada pela expansão mais lenta da produção em dez meses, em linha com a demanda do cliente. O emprego caiu modestamente.

“Embora houvesse relatos de condições de demanda mais firmes, a pandemia e o aumento recente de casos em todo o mundo pesaram no crescimento geral das vendas”, diz a pesquisa, citando que os novos negócios de exportação diminuíram pelo segundo mês consecutivo.

Por fim, os fabricantes na China estavam confiantes de que a produção aumentará nos próximos 12 meses, com o segundo maior grau de positividade em seis anos e meio, apoiado por previsões de aumento da demanda de clientes globais assim que a pandemia chegar a um final e com o lançamentos de produtos planejados.