PMI do setor de serviços dos EUA sobe a 46,7 pontos em junho

171

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços dos Estados Unidos subiu a 46,7 pontos em junho, maior nível em quatro meses, depois de atingir 37,5 pontos em maio, de acordo com dados preliminares divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Analistas previam 48,0 pontos em junho. Números acima de 50 sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados dos segmentos industrial e de serviços, subiu para 46,8 pontos em junho, depois de marcar 37,0 pontos em maio.

“O ritmo de contração diminuiu substancialmente uma vez que um número crescente de prestadores de serviços retornou aos trabalhos”, diz a pesquisa. “O declínio mais lento da atividade estava geralmente associado apenas uma diminuição marginal de novas encomendas”.

Além disso, segundo o IHS Markit, um aumento na demanda de clientes nacionais e estrangeiros ajudou a aumentar as vendas em algumas empresas, embora as condições permaneceram historicamente fracas em geral.

Os prestadores de serviços ficaram otimistas quanto ao aumento da atividade no próximo ano. “Esperanças de que ao retorno da demanda aos níveis vistos anteriormente ocorreu em meio à reabertura de estados” fechados devido à pandemia do novo coronavírus.