Petrobras conclui venda de ativos de E&P na Bacia do Paraná

664
Foto: Divulgação / Petrobras

São Paulo – A Petrobras divulgou na noite de quarta-feira (20) a conclusão da venda total de sua participação nos blocos PAR-T-198 e PAR-T-218, localizados na Bacia do Paraná, para a empresa Ubuntu Engenharia e Serviços Ltda.
Após o cumprimento de todas as condições precedentes e a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a operação foi concluída com o pagamento de US$ 6,3 mil para a Petrobras. O valor recebido no fechamento se soma ao montante de US$ 56,7 mil pagos à Petrobras na assinatura dos contratos de venda, totalizando um montante de US$ 63 mil.
Os blocos PAR-T-198 e PAR-T-218, localizados no extremo oeste do estado de São Paulo, foram adquiridos na 12 Rodada de Licitações da ANP em 2013 e estão atualmente no Primeiro Período Exploratório e com os compromissos do Programa Exploratório Mínimo (PEM) já integralmente cumpridos. A Petrobras detinha 100% de participação em ambos os blocos.
Ubuntu é uma sociedade empresarial limitada, com domicílio no Brasil, presente em atividades de exploração, produção e extração de petróleo e gás natural. Atualmente, a Ubuntu atua como operadora dos campos de Urutau, Cardeal e Colibri, localizados no Rio Grande do Norte; do campo Rio Mariricu, no Espírito Santo e do campo Dó-Re-Mi em Sergipe.
Segundo o comunicado, a operação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor e maior retorno à sociedade. “A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa”, conclui a nota.