Opep mantém previsão de demanda em 2,2 milhões de bpd em 2024

79
Opep
Sede da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), em Viena. Foto: Divulgação/ Opep

São Paulo – A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) anunciou hoje que está mantendo suas estimativas para o crescimento da demanda global de petróleo para este ano e o próximo, conforme relatado em seu último relatório mensal.

De acordo com o relatório, a organização continua prevendo um aumento na demanda de petróleo de 2,2 milhões de barris por dia (bpd) para o ano de 2024 e de 1,8 milhão de barris por dia para o ano de 2025. Essas estimativas permanecem inalteradas em relação às previsões anteriores.

O relatório também destaca que os preços do petróleo têm negociado em um intervalo nos últimos tempos, após uma queda para níveis observados pela última vez em meados de março. Esse sentimento de baixa é atribuído às perspectivas de taxas de juros mais altas nos Estados Unidos, devido às persistentes pressões inflacionárias, e ao risco geopolítico reduzido, com os suprimentos de petróleo permanecendo em grande parte intactos em meio ao conflito em Gaza.

Além das previsões de demanda, a OPEP também atualizou suas estimativas de crescimento econômico para os Estados Unidos, prevendo um crescimento de 2,2% em 2024, em comparação com a estimativa anterior de 2,1%. Para o ano de 2025, a previsão é de um crescimento de 1,9%, acima dos 1,7% previstos anteriormente. As projeções de crescimento econômico global permaneceram estáveis, com uma taxa de crescimento de 2,8% para o ano atual e 2,9% para 2025.

No entanto, a produção de petróleo bruto da OPEP registrou uma queda de 48.000 barris por dia em abril, totalizando 26,575 milhões de barris por dia. Esta redução na produção é atribuída a diferentes fatores, incluindo uma diminuição na produção de países como o Iraque e a Nigéria, enquanto a produção do Irã teve um leve aumento.