MERCADO AGORA: Veja um sumário dos negócios até o momento

155

São Paulo – Após buscar uma recuperação em linha com as Bolsas norte-americanas no início do pregão, o Ibovespa passou a cair reagindo a declarações do senador Marcio Bittar (MDB-AC), que confirmou que a proposta do programa Renda Cidadã não será mais apresentada hoje, mas na semana que vem. A decisão prolonga a incerteza sobre onde virá o dinheiro para o programa em meio a preocupações do mercado com a situação fiscal. No entanto, o índice segue mostrando volatilidade e já reduziu perdas.

Por volta das 13h30 (horário de Brasília), o Ibovespa registrava alta de 0,33%, aos 95.934,12 pontos. O volume financeiro do mercado era de aproximadamente R$ 12,3 bilhões. No mercado futuro, o contrato de Ibovespa com vencimento em outubro de 2020 apresentava avanço de 0,58%, aos 95.950 pontos.

Relator da proposta de emenda à Constituição chamada PEC Emergencial, em que deve ser inserido o novo programa, Bittar disse à Agência Senado que não vai mais especular sobre item nenhum e que “é melhor gastar mais alguns dias” e apresentar um texto consensual.

Além da confirmação de Bittar, o fundador e CIO da Chess Capital, Vicente Matheus Zuffo, lembra que ontem já havia informações de que o presidente Jair Bolsonaro quer evitar polêmicas antes das eleições municipais e deixar a decisão sobre o financiamento do programa para depois. Zuffo também destaca que manchetes de jornais hoje apontam ainda a intenção do governo de prorrogar o auxílio emergencial até o começo do ano que vem.

“Uma extensão do auxílio emergencial, por exemplo, ficaria totalmente fora do teto de gastos e há uma incerteza entre os próprios agentes políticos, por isso que o mercado estressa rápido”, disse.

No exterior, por sua vez, as Bolsas norte-americanas avançam após o presidente Donald Trump afirmar que assinará um projeto de lei independente autorizando cheques de estímulos e que pedirá ajuda a companhias aéreas ao Congresso, e, uma espécie de “mini pacote”, já que suspendeu as negociações entre democratas e republicanos sobre um novo pacote de ajuda fiscal mais amplo ontem.

Entre as ações, as de bancos passaram a cair com mais força, caso do Bradesco (BBDC4) e as ações da Petrobras (PETR4 -0,75%) também chegaram a aceler perdas acompanhando a queda dos preços do petróleo, embora já tenham mostrado leve melhora.

As maiores quedas do Ibovespa no momento são das ações do IRB Brasil (IRBR3 -9,48%), CVC (CVCB3 -6,51%), Gol (GOLL4 -3,58%) e Azul (AZUL4 -3,63%). A Azul afirmou que estima uma queima de caixa de R$ 2,5 milhões por dia no quartotrimestre, sem amortizações significativas de dívidas como resultado de negociações, no entanto, afirma que há liquidez suficiente para mais de 30 meses sem novo aumento de capital.

O dólar comercial virou o sinal e opera em alta frente ao real, renovando máximas sucessivas em busca dos R$ 5,64, com investidores locais reagindo ao adiamento da apresentação da proposta do programa Renda Cidadã, prevista para hoje. Segundo o senador Márcio Bittar, também relator da Proposta de Emenda à Constituição – a PEC Emergencial – em busca de consenso, o documento deverá ser apresentado na próxima semana.

Por volta das 13h30, o dólar comercial registrava alta de 0,14%, sendo negociado a R$ 5,6060 na venda. No mercado futuro, o contrato da moeda norte-americana com vencimento em outubro de 2020 apresentava avançava de 0,21%, cotado a R$ 5,610.

Em entrevista à Agência Senado, Bittar declarou que o Senado não vai mais especular sobre item nenhum em relação ao Renda Cidadã, afirmando que “é melhor gastar mais alguns dias” e apresentar um texto consensual.

“Eu não vou mais especular sobre item nenhum. O que eu acho que é fundamental é que se está construindo um consenso. Espero que na semana que vem eu apresente tudo de uma vez, o pacto federativo e a [PEC] emergencial, dentro dela a criação do programa”, disse o senador.

Em meio às definições do Renda Cidadã, Bittar assegurou que o financiamento do novo programa social que o governo pretende criar para substituir o Bolsa Família e suprir a lacuna deixada pelo fim do auxílio emergencial, não ultrapassará o teto de gastos.

Para o economista da Guide Investimentos, Alejandro Ortiz, além de elevar as incertezas do mercado doméstico com o cenário fiscal, a proposta não deverá ser apresentada na semana que vem. O que deverá sustentar as dúvidas dos investidores em relação ao programa e manter a volatilidade dos ativos locais.

“Acho que não será apresentada neste mês. Está difícil encaixar o Renda Cidadã no orçamento da União. E o presidente Bolsonaro precisará costurar com políticos para seguir com o programa. Então, [a apresentação] deve ficar mesmo para depois das eleições municipais. Mas até dezembro isso precisa sair porque o pagamento do auxílio emergencial termina”, avalia.

As taxas dos contratos de juros futuros (DIs) intensificaram o ritmo de alta, dando força ao movimento de colocação de prêmios, após a notícia de que a apresentação do Renda Cidadã, adiada de ontem para a semana que vem, ainda busca um consenso, levantando dúvidas sobre quando e como a proposta do novo programa social será apresentada. A notícia inverteu a direção dos demais ativos locais, que passaram a cair.

Às 13h30, o DI para janeiro de 2022 tinha taxa de 3,47%, de 3,35% no ajuste anterior; o DI para janeiro de 2023 projetava taxa de 4,89%, de 4,82% após o ajuste ontem; o DI para janeiro de 2025 estava em 6,76%, de 6,66%; e o DI para janeiro de 2027 tinha taxa de 7,66%, de 7,55%, na mesma comparação.