Massa reconhece derrota e sugere que Milei é responsável pela economia argentina a partir de hoje

241
Ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa | Foto: Twitter

São Paulo – Por volta das 20 horas do domingo, mesmo sem terem sido anunciados números oficiais, o candidato presidencial da União pela Pátria (UxP), Sergio Massa, reconheceu sua derrota a partir do centro de operações, acompanhado pelo governador eleito de Buenos Aires, Axel Kicillof, e indicou que a partir de segunda-feira, “a responsabilidade e a tarefa de fornecer certezas e transmitir garantias sobre o funcionamento político, social e econômico da Argentina são responsabilidade do presidente eleito”, referindo-se a Javier Milei, e “esperamos que assim o faça”.

Ele também prometeu mecanismos de ligação e transição para que os argentinos, nos próximos 19 dias, não tenham dúvidas nem incertezas sobre o novo funcionamento do país.

“Saibam que sempre poderão contar comigo defendendo os valores do trabalho, indústria nacional, federalismo, como valores centrais da Argentina”, disse Massa, embora tenha mencionado que com estas eleições uma fase estava encerrada, sem dar maiores definições.

Em outro trecho, Massa disse que havia dois caminhos, e escolheram o caminho da defesa do sistema de segurança nas mãos do Estado, promovendo e defendendo ao longo da campanha a educação pública e a saúde pública como valores centrais.