Após perder eleições argentinas, Massa pede licença como ministro da Economia

239
Foto: Jorge Girao / FreeImages.com

São Paulo – Cerca de três horas após reconhecer sua derrota eleitoral e indicar em seu discurso que estava encerrando uma etapa de sua vida política, fontes confirmaram que Sergio Massa tirará licença como ministro da Economia para “facilitar a transição” com o presidente eleito, Javier Milei. Até o momento, não houve comunicação oficial.

Segundo informações, o presidente do Banco Central, Miguel Ángel Pesce, coordenará a transição financeira, enquanto o secretário de Hacienda, Raúl Rigo, ficará responsável pelo diálogo com o novo governo na área fiscal.

A licença deve se estender até 9 de dezembro, último dia do mandato do governo de Alberto Fernández, antes da transferência de poder em 10 de dezembro.