Lula faz reunião com Haddad para discutir situação da estatal

126
Foto: Bruno Venâncio/Agência Petrobras.

São Paulo, SP – O presidente Lula vai se reunir hoje à tarde com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e pode discutir a situação da Petrobras. O atual presidente de empresa,
Jean Paul Prates, estaria com o cargo ameaçado por causa de divergências em torno da distribuição de dividendos extraordinários da estatal. As informações são da CBN.

Ontem (7), Lula cancelou uma reunião com Haddad, convocada por ele horas antes, para discutir a crise na companhia. Segundo integrantes do governo, o presidente ficou irritado com o vazamento da reunião, que também teria a participação dos ministros da Casa Civil, Rui Costa; de Minas e Energia, Alexandre Silveira; e da Comunicação Social, Paulo Pimenta.

Na sexta-feira (dia 5), Jean Paul Prates não participou da reunião do Conselho de Administração da Petrobras e nem do encontro da diretoria da estatal. Um dos nomes sondados por Lula para assumir o comando da Petrobras é o do atual presidente do BNDES, Aloízio Mercadante, que enfrenta desconfiança do mercado pelo perfil intervencionista.

A Petrobras informou que, em relação à notícia divulgada na mídia, o pagamento de dividendos extraordinários não foi pauta da reunião do Conselho de Administração realizada na última sexta-feira (5).