Líderes do Senado se reunirão para decidir sobre comissões presenciais

173
Plenário do Senado incia o processo de votação para escolha de seu novo presidente. Na foto, Davi Alcolumbre. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Brasília – O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) afirmou a jornalistas esta quarta-feira que a retomada de comissões dependerá de reunião dos senadores em 4 de novembro. Indagado sobre o retorno do Conselho de Ética, que deve avaliar a situação do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que pediu afastamento da Casa por 121 dias, Alcolumbre disse que a comissão é permanente como todas as outras, e seguirá a mesma avaliação.

“Em virtude do coronavirus paralisou todas as comissões e o Conselho de Ética é uma comissão permanente, ou seja, se nós formos retornar as comissões permanentes nós retornaremos o conselho de ética naturalmente”, disse.

“Eu vou conversar com os senadores porque há uma preocupação de muitos em relação ao funcionamento do Senado por conta do coronavírus. Já falei em outras oportunidades que para movimentar essa estrutura gigantesca é preciso da colaboração todos. Eu não posso por uma conveniência ou não de um assunto ou outro decidir sozinho isso. Tenho que dividir com todos que estão preocupados com o coronavírus”, concluiu o senador.