Ibovespa fecha em queda ao fim de pregão volátil

307

O Ibovespa protagonizou um volátil retorno de feriado prolongado para fechar em queda de 0,78%, aos 116.464,06 pontos, com os investidores voltando a dar atenção aos conturbados cenários fiscais de Brasil e Estados Unidos. Trata-se do quinto recuo consecutivo do índice.

Pela manhã, a bolsa avançou com vigor enquanto investidores escoravam-se em palavras do presidente Jair Bolsonaro para conduzir o índice a uma alta superior a 1% na manhã de hoje. Na parte da tarde, entretanto, a proximidade das eleições envolvendo o controle do Congresso passou a pesar e o índice apagou totalmente a forte alta que mais cedo o levou a experimentar a faixa dos 119 mil pontos.

O dólar comercial fechou com forte recuo de 3,37% no mercado à vista, cotado a R$ 5,3230 para venda, na maior queda percentual diária desde 8 de junho de 2018 (quando recuou 5,50% na sessão), com investidores locais reagindo à ata da reunião da semana passada do Comitê de Política Monetária (Copom), no qual a leitura foi de que o Banco Central (BC) deverá elevar a taxa Selic no curto prazo.

Para a equipe econômica do banco Fator, o Copom sugeriu antecipar a alta da Selic em documento que trouxe “alguma informação adicional” em relação ao comunicado divulgado na semana passada, principalmente, em relação à discussão no Comitê sobre a redução do estímulo monetário “extraordinariamente elevado” e eventual “antecipação” da alta dos juros em relação ao cenário básico.

As taxas dos contratos de juros futuros (DIs) encerraram a sessão sem uma direção única. Enquanto os vencimentos mais curtos calibraram as expectativas em relação a Selic, reagindo à ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e aos números da prévia deste mês da inflação oficial ao consumidor brasileiro (IPCA-15), os vértices mais longos acompanham a queda livre do dólar, relegando a cena política.

Os principais índices do mercado de ações norte-americano perderam o fôlego nos minutos finais da sessão, depois de renovarem máximas intradiárias embalados por resultados corporativos, para encerrarem o dia em queda.

Confira abaixo a variação e a pontuação dos principais índices de ações dos Estados Unidos no fechamento:

Dow Jones: -0,07%, 30.937,04 pontos
Nasdaq Composto: -0,07%, 13.626,00 pontos
S&P 500: -0,14%, 3.849,62 pontos