Governo de São Paulo pagará R$ 297,9 milhões à ViaMobilidade, da CCR

684

São Paulo – A CCR informa que, nesta data, foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOESP), o reconhecimento da ocorrência de desequilíbrio econômico-financeiro referente ao contrato de concessão firmado por sua controlada direta ViaMobilidade, que administra as linhas 5 e 17 do Metrô de São Paulo, devido às perdas de receita tarifária resultante da redução de demanda de passageiros na linha 5 Lilás decorrente da pandemia da Covid-19.

O valor bruto do desequilíbrio corresponde a R$ 297.891.836,47 em valores de agosto de 2023, a ser reequilibrado em favor da empresa.

A modalidade do recebimento deste reequilíbrio será, ainda, selecionada pelo Poder Concedente e comunicado ao mercado no momento oportuno, segundo a companhia.