França pressiona UE pela aplicação de tarifas a produtos dos EUA

128
Foto: Serviço Audiovisual da União Europeia (UE).

São Paulo – O ministro de Finanças da França, Bruno Le Maire, disse que a União Europeia (UE) deve responder a sanções dos Estados Unidos aplicando as tarifas autorizadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) como parte da disputa de quase 15 anos envolvendo a Boeing e a Airbus.

“A Organização Mundial do Comércio autoriza a União Europeia a sobretaxar as importações dos Estados Unidos em US$ 4 bilhões. A Europa deve se preparar para isso. Ela deve retaliar. Não devemos permanecer indefesos diante das sanções dos Estados Unidos”, disse Le Maire, em mensagem no Twitter.

Esta semana, a OMC autorizou a UE a impor tarifas de US$ 4 bilhões em jatos da Boeing e outros bens dos Estados Unidos, devido a subsídios ilegais do governo norte-americano à fabricante de aeronaves.

Em um caso separado, a OMC autorizou, no ano passado, que os Estados Unidos impusessem tarifas sobre US$ 7,5 bilhões em produtos da UE devido ao apoio estatal considerado ilegal à Airbus, que tem unidades no Reino Unido, na França, na Alemanha e na Espanha.

Ontem, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou aplicar novas tarifas à produtos da UE se o bloco colocar em vigor as taxas autorizadas pela OMC. A Comissão Europeia, braço executivo da UE, disse que prefere negociar ante de impor novas sanções comerciais.