FMI e Argentina chegam a acordo técnico com foco fiscal e reservas

664

Buenos Aires – O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o governo argentino finalizaram as negociações para estabelecer novos objetivos e parâmetros dentro do “Staff Level Agreement”, a ser aprovado pelo Conselho de Administração da organização.

Este acordo visa consolidar a ordem fiscal e reforçar as reservas reconhecendo o forte impacto da seca, os prejuízos nas exportações e nas receitas fiscais do país, estuda um comunicado do Ministério da Economia.

A Argentina deve pagar US$ 2,7 bilhões por vencimento de capital no final de julho, enquanto US$ 830 milhões serão acrescidos de juros em 1º de agosto.

Em 1º de novembro há outro vencimento de juros com o FMI de cerca de 560 milhões de DES, embora o governo esteja negociando para adicioná-lo aos vencimentos de setembro para que não coincida com as eleições presidenciais.

Rigoberto Horacio Vera / Agência CMA Latam

Tradução: Julio Viana