Fitch eleva rating da CSN para BB de BB- e revisa perspectiva para positiva

664

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou a nota de crédito da Companhia Siderurgica Nacional (CSN) para ‘BB’ de ‘BB-‘ e revisou perspectiva para positiva, de estável, para refletir os esforços contínuos da companhia para fortalecer sua estrutura de capital, incluindo reembolso de dívidas, refinanciamento e venda de ativos, e os elevados preços do minério de ferro e a adequada flexibilidade operacional, que sustentam o fluxo de caixa livre da empresa por mais de dois anos.

“Os ratings da CSN refletem seu forte negócio de minério de ferro e forte posição no mercado brasileiro de aços planos, bem como a competitividade de custos desses negócios. Em 30 de junho, a dívida líquida da empresa foi reduzida em US$ 5,3 bilhões para US $ 2,4 bilhões, de US$ 7,7 bilhões no final do ano de 2017”, disse a Fitch, em nota.

A perspectiva positiva reflete a expectativa de desalavancagem adicional nos próximos 12 a 18 meses de mais de US$ 1,3 bilhão.